Incêndio em Gaia destrói armazém de móveis

incêndio conforama
A loja e armazém de móveis da Conforama na freguesia da Afurada, Vila Nova de Gaia, foram totalmente destruídos pelo incendio que deflagrou hoje de madrugada nas suas instalações, com causas ainda desconhecidas.

O comandante dos Bombeiros Sapadores Bombeiros de Gaia, Salvador Almeida, disse à agência Lusa que a estratégia da corporação é “deixar arder de forma controlada, para que o incêndio não se propague a casas vizinhas e à estação de abastecimento de combustíveis” que se encontra muito próxima do local.

Segundo a mesma fonte, foram evacuadas “duas ou três casas pequenas” próximas da loja, por precaução, não se tendo registado feridos até ao momento.
Os bombeiros deram ainda instruções para que a bomba de gasolina não abrisse até o incendio estar controlado.

Por volta das 7h30 de hoje ouviu-se uma explosão de um pequeno depósito de gasóleo que se encontrava no interior da loja, presenciou a Lusa no local.
A loja e armazém de móveis, que vende igualmente eletrodomésticos, têxteis e outros artigos para o lar, empregam 40 pessoas. O incêndio deflagrou pelas 5h30 da manhã.

Os bombeiros de Coimbrões, Carvalhos, Valadares, Aguda e o Batalhão Sapadores do Porto encontram-se no local a combater as chamas, apoiados por 19 viaturas, segundo a mesma fonte.

Fonte: Expresso